Site IG fala sobre o Rock In Rio 2011 e falam sobre o Evanescence !

O site Ig fez uma matéria sobre o Rock In Rio 2011 e citaram Evanescence. Veja abaixo:

O que esperar dos principais shows do Rock in Rio 2011 !

Saiba quem vai tocar inéditas, quem apostará nos sucessos e quem prepara surpresas

Alguns dos artistas mais populares de todos os tempos vão tomar conta do Rio de Janeiro a partir desta sexta-feira (23), quando começa a quarta edição do Rock in Rio. Há opções para todos os gostos: lendas do pop fazendo retrospectivas de suas carreiras (Stevie Wonder e Elton John), bandas apresentando prévias de seus novos trabalhos (Coldplay e Evanescence), grupos de rock tocando seus maiores sucessos (Guns N’ Roses e Metallica) e divas pop com suas superproduções (Rihanna e Shakira). Veja abaixo o que esperar das principais atrações do evento.

Rihanna (Sexta, 23/9)

Saber como será a apresentação de Rihanna no Rock in Rio não é difícil. Afinal, o show na Cidade do Rock será o quarto e último da turnê da cantora pelo Brasil. Nos três anteriores, o roteiro foi seguido à risca: abertura com “Only Girl (In the World)”, “Shut Up and Drive” e “S&M” no começo, “Run This Town” e “Live Your Life” no meio, “Rude Boy” e “Don’t Stop the Music” no final. No bis, entram a balada “Love the Way You Lie” e o hit “Umbrella”.

Elton John (Sexta, 23/9)

Reginald Kenneth Dwight, mais conhecido como Elton John, já vendeu 250 milhões de discos em mais de 40 anos de carreira e tem uma série invejável de sucessos em seu currículo. Sua atual turnê não se chama “Greatest Hits” por acaso. O repertório inclui, por exemplo, “Your Song”, “I’m Still Standing”, “Rocket Man”, “I Guess That’s Why They Call It the Blues” e”Candle in the Wind”, entre outras. O cantor também não faz economia no palco: ele toca cerca de 25 canções por noite.

Katy Perry (Sexta, 23/9)

Como a maioria das divas pop, Katy Perry não dá espaço para improviso em seus shows, que seguem um roteiro bastante rígido. Todos começam com “Teenage Dream”, têm “Ur So Gay” e “Kissed a Girl” logo na primeira metade e terminam com a sequência “Hot N Cold”, “Last Friday Night (T.G.I.F.)”, “I Wanna Dance with Somebody” (sucesso de Whitney Houston), “Firework” e, no bis, “California Gurls”. A única possibilidade de mudança é se ela tiver que encurtar a apresentação por questões de horário.

Red Hot Chili Peppers (Sábado, 24/9)

Quem for à apresentação do Red Hot Chili Peppers esperando uma série de sucessos dos anos 1990 vai se decepcionar. A base dos atuais shows do grupo é o disco “I’m with You”, lançado no final de agosto. Das mais antigas, as únicas presenças certas são “Californication”, “Give It Away”, “Under the Bridge” e “Higher Ground”. Com um pouco de sorte, eles ainda podem incluir raridades como “Blood Sugar Sex Magik” e “Me & My Friends” no set list.

Metallica (Domingo, 25/9)

O show no Rock in Rio marcará a quinta visita do Metallica ao Brasil. Quem já viu alguma das quatro passagens anteriores já sabe o que esperar: muito peso e velocidade e pouca enrolação. Em seus shows mais recentes, a banda vem iniciando a performance com a trinca “Creeping Death”, “For Whom the Bell Tolls” e “Fuel”. Daí em diante, o repertório muda bastante de noite para noite. Mas os fãs não precisam se preocupar: os clássicos “Master of Puppets”, “One” e “Enter Sandman” estão em todas as apresentações.

Stevie Wonder (Quinta, 29/9)

O último show de Stevie Wonder antes do Rock in Rio aconteceu no final de semana passado, no festival Austin City Limits, nos Estados Unidos. Se ele repetir o repertório no Brasil, será um retrospecto de sua longa carreira, com direito a clássicos como “Superstition” e “Sir Duke”e baladas do naipe de “I Just Called to Say I Love You” e “Overjoyed”. Wonder também gosta de fazer homenagens a Michael Jackson e Marvin Gaye em suas apresentações – não será surpresa se ele fizer covers dos dois.

Lenny Kravitz (Sexta, 30/9)

Lenny Kravitz estava longe dos palcos desde 2009, e voltou à estrada somente em junho, fazendo shows de abertura da turnê 360º, do U2. Foram performances curtas, de menos de dez músicas. Mas entre elas estavam alguns de seus maiores sucessos, como “Fly Away”, “Are You Gonna Go My Way?” e “Always on the Run”. No show do Rock in Rio, elas também devem estar presentes. Canções de seu disco mais recente, “Black and White America”, lançado em agosto, também devem compor boa parte do repertório.

Shakira (Sexta, 30/9)

A cantora colombiana Shakira já se apresentou no Brasil este ano, no primeiro semestre. O show do Rock in Rio não deve ser muito diferente do que ela fez em São Paulo, Porto Alegre e Brasília. A apresentação começa mais morna, com várias baladas e até uma cover de “Nothing Else Matters”, do Metallica. Da metade em diante, fica bem dançante: “Ojos Así” e “She Wolf”, por exemplo, ficam quase no final. O bis traz dois de seus maiores sucessos: “Hips Don’t Lie” e “Waka Waka”.

Coldplay (Sábado, 1/10)

A banda liderada por Chris Martin vai lançar seu quinto disco, “Mylo Xyloto”, algumas semanas depois de tocar no Rock in Rio. Mesmo assim, não pretende tocar muitas novas no evento. Em entrevista ao Fantástico, o guitarrista Jonny Buckland disse que o repertório será composto por “muitas antigas e só algumas novas”. Sucessos como “Viva la Vida”, “Yellow” e “The Scientist” devem dividir espaço com as novas “Hurts Like Heaven” e “Every Teadrop is a Waterfall”, que vem fechando as apresentações da turnê.

Evanescence (Domingo, 2/10)

O Evanescence é outra banda que terá um disco novo logo após o Rock in Rio. Logo após mesmo: Amy Lee e companhia tocam no último dia do festival (2/10) e o álbum “Evanescence” sai apenas nove dias depois (11/10). Por isso, não será surpresa se músicas como “What You Want” e “The Other Side”, do novo álbum, forem tocadas no Rio de Janeiro. A base do repertório, no entanto, deve ser mesmo o disco “The Open Door” (2006): “Call Me When You’re Sober”, por exemplo, é presença certa.

System of a Down (Domingo, 2/10)

Em maio, o System of a Down se reuniu pela primeira vez desde a separação de 2006 para uma diversas apresentações na Europa, intitulada “Reunion Tour”. Se a ideia era celebrar a história da banda, deu certo: shows com pelo menos 25 músicas, com virtualmente todas as canções obrigatórias do grupo presentes. O repertório privilegia músicas do disco “Toxicity”, de 2000 (até 10 das 14 faixas do álbum costumam ser tocadas) e da dobradinha “Mesmerize” e “Hypnotize”, de 2005.

Guns N’ Roses (Domingo, 2/10)

A última apresentação do Guns N’ Roses antes do Rock in Rio foi em dezembro de 2010. Portanto, é um mistério o que a banda de Axl Rose tocará para fechar o festival, no dia 2 de outubro. Mas, se o grupo repetir a fórmula dos shows do ano passado, será uma apresentação de mais de vinte músicas, baseada principalmente no disco “Appetite for Destruction” (“Welcome to the Jungle”, “Sweet Child o’ Mine”, “Paradise City”), com algumas canções dos dois “Use Your Illusion” e de “Chinese Democracy” para completar.

Acesse o especial Rock in Rio

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s