Guadalajara ressoa com o rock do Evanescence !

 Mais uma review do show em Guadalajara feita pelo site Informador. Leia abaixo:
Guadalajara ressoa com o rock do Evanescence
Energia, metal e melancolia foram entregues no concerto da noite passada

Golpes violentos contra a bateria seguidos de guitarras agéis e uma Amy Lee gritando a canção “What You Want” marcaram o retorno esmagador do Evanescence a Guadalajara ontem à noite no Audiotorio Telmex.

De uma hora para outra, o espaço foi invadido pelo enigmático rock americano, que agitou mais de sete mil pessoas que esperavam a banda desde às 21:00 horas, mas que só apareceu 60 minutos depois.

“Hola Guadalajara, muchas gracias (Olá Guadalajara, muito obrigada)”, disse a vocalista de pele branca em um espanhol perfeito, e seguiu em inglês “Sentimos a falta de vocês, já faz muito tempo desde a última vez que nos vimos. Sejam bem-vindos mais uma vez!”, obtendo como resposta uma gritaria abrasadora.

Demostrou ser uma banda de dualidades, contrastando com as regras dos grupos focados no metal. O Evanescence começou pisando forte com as suas músicas mais enérgicas, como “Going Under” e “The Other Side”, também sileciou a cadência da noite para seguir com “Lost in Paradise”, em que Amy Lee ficou sozinha no piano.

Sentada em frente a ele, a artista de voz potente abriu uma sessão onde o tão excêntrico instrumento foi o protagonista, e ao seu lado deu voz à “My Heart is Broken”, canção que escreveu pensando nas pessoas que foram sexualmente molestadas e que pertence ao seu terceiro álbum.

E enquanto Amy ordenava sua garganta a fazer contrastes com sua voz tênua e obscura, sua comitiva de fãs, que não respeitam idades e nem estereotipos, observavam-a quietos e contemplativos, com amostras breves de adrenalina.

Enquanto os quatro músicos metaleiros ostentavam o domínio de seus instrumentos, a líder e única sobrevivente da formação inicial da banda que já faz mais de 12 anos, se agitava no palco para se conectar com o público.

E quando as interpretações das músicas começaram a cair na mesmice, Amy se dirigiu ao teclado e arrancou as notas que anunciaram “Bring Me To Life”, e como se essa também controlasse o público, esse, pulou em êxtase.

E nessa terminaria o show, mas os fãs não estavam dispostos a sair sem pelo menos um par de bis. E sua espera foi recompensada com quatro há mais, entre elas “My Immortal”, e “Swimming Home”, que encerrou o reencontro “Evanescence-Guadalajara”

Fonte: Informador !
Créditos: Ev Rock BR e Iessence !

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s