Entrevista por telefone com Amy Lee para o site Channel News !

Leia abaixo uma entrevista feita por telefone com Amy quando a banda estava em Osaka para o site Channel News Asia. (Tradução IEssence)

SINGAPURA: No palco, Amy Lee, a cantora americana de banda de rock Evanescence, é uma sereia sexy quando canta os hits da banda.

No telefone, Lee é tagarela e querida quando fala sobre o que aconteceu entre o álbum anterior do Evanescence, “The Open Door” (2006), e seu álbum de 2011 auto-intitulado, bem como a sua atual turnê.

A banda está programada para realizar aqui um show no Singapore Indoor Stadium no dia 27/02.

“Eu amei The Open Door. Para mim, foi um grande passo”, disse ela por telefone de Osaka, onde eles estavam em turnê.

“E levou um tempo para fazer a próxima parte porque eu estava tão feliz com ‘The Open Door”, tipo,’ Você sabe, eu não sei como fazer Evanescence melhor do que isso’. “

“E depois de tudo, eu casei e eu só queria ser normal, e não ser uma estrela do rock. (Eu queria) fazer coisas normais como trabalho de casa, só estar em Nova York, assistir a shows de outras pessoas.”

Ela acrescentou: “Mas então, eu não sei, acho que não posso me sentir satisfeita se eu não estou criando coisas e eu estava escrevendo mais e mais e comecei a ter todos os tipos de novas idéias e inspiração. Nós acabamos assim escrevendo algumas das minhas músicas favoritas (para o novo álbum).”

E não é apenas o novo álbum que ela ama. Lee também disse que ama a atual formação da banda, que inclui Terry Balsamo e Troy McLawhorn nas guitarras, Tim McCord no baixo e Will Hunt na bateria. (Lee é o único membro original desde que a banda foi formada em 1995, quando ela tinha 14 anos de idade.)

Mas ela disse que não esperava uma reação tão positiva de seus fãs, especialmente porque o seu último álbum saiu há cinco anos.

“Nós sabíamos que tinha passado muito tempo, e você sabe, eu acho que em muitas maneiras, o mainstream está mudando constantemente”, disse ela.

“Eu sei que soa muito diferente de um monte de coisas que está no rádio. Nós não temos grandes expectativas para (o álbum), e quando foi para o n º 1, todos nós estávamos muitíssimos felizes. Para nós, ainda significava algo, sabe? Você trabalha com o seu coração por dois anos e você fica tipo, ‘Uau, espero que valha a pena’ e é muito legal que as pessoas apreciam isso.”

E parece que as pessoas apreciam mais do que apenas música. Lee foi recentemente eleita a garota mais quente do Hard Rock pela revista Revolver, e apareceu na capa.

“Quando isso acontece, eu costumo pensar: ‘Sim, mais pessoas vão conhecer nosso álbum e comprá-lo!’ ” ela ri.

“Quer dizer, você tem que olhar para tudo isso como apenas mídia. Eu não sou a garota mais quente em nada. Eu sou uma garota normal e tem um monte de maquiagem e retoques para fazer com que a cobertura fique bem.”

Ainda assim, ela admitiu que tipo de atenção da mídia teve seus pontos positivos.

“Há muitas meninas que são mais quentes do que eu. E pelo padrão americano magro de beleza – eu não vejo assim.”

“(Mas) Eu pensei que era legal que eles estavam listando alguém que não pese 45kg e pareça estar morrendo de fome. Portanto, faz sentido, e eu acho que enquanto as pessoas estiverem se ligando em direção à nossa música, eu ficarei feliz.”

Infelizmente, uma das vantagens de ser um astro do rock não inclui não necessitar de um passe de segurança para entrar em lugares, tais como, por exemplo, os locais onde Evanescence está tocando.

“A única vez que eu tentei entrar no local do ônibus sem o meu passe de segurança – e o segurança me viu sair do ônibus – ele disse, ‘Não, você tem que ter o seu passe’ “, ela ri.

“Eu fiquei tipo, ‘Vamos lá cara, eu sou o vocalista da banda… E ele dizia ‘Não’. Então eu voltei para o ônibus, e o ônibus tem um teclado onde você tem que digitar o código para abrir as teclas, e eu esqueci o código! E eu não podia entrar no ônibus também! E meu celular (estava) no ônibus e eu não podia chamar ninguém!”

“Eu fique tipo, ‘Bem, eu acho que eu não sou legal o suficiente para estar no meu próprio show’.”

Tais “momentos loucos” acontecem “o tempo todo”, disse Lee. “Mas é bom, porque você se mantém com os pés no chão.”

Créditos: IEssence !

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s