Filmes que influenciaram o Evanescence !

Das telonas aos shows:

Os filmes que influenciaram o Evanescence

Do começo ao fim o Evanescence foi influenciado por filmes que marcaram época. Amy Lee e Ben Moody, são assumidamente fãs de filmes. Na época pré-Fallen, a referência era mais presente nas obras ditadas por eles e as películas dramáticas e sombrias fizeram parte do que um dia viria a se formar a banda americana.
Sente-se confortavelmente em sua poltrona, pegue o combo pipoca e refrigerante e veja, abaixo, a lista dos filmes que fizeram parte das composições da banda e quem sabe, algumas não podem fazer parte de sua lista de programação no seu final de semana.
Músicas

Para colocar mais drama nas canções, Amy Lee e Ben Moody (ex-integrante), resolveram colocar trechos de filmes que mais atrairam atenção. Além de trilha sonora, foram extraídas falas de determinado momento dos filmes,  pelo o fato das frases serem bem fortes e significativas paraa letra das canções. Confira os filmes, sua trama e seus respectivos momentos em que são encontrados nas músicas, descritas abaixo:

Romeu + Julieta (1996)
Duração: 120min
Atores: Leonardo di Caprio e Claire Danes
Diretor: Baz Luhrmann
Trailer: Youtube

ROMEU E JULIETA

Trama: O filme de 1996 contou com Leonardo Di Caprio e Claire Danes no papel do casal trágico mais famoso de todos os tempos: Romeu e Julieta. O filme, sucesso em bilheteria e uma das mais aclamadas adaptações da obra de Shakspeare, incentivou o Evanescence no processo de criação de três músicas.

Em Tourniquet, demos de 2001/2002, é possível notar duas referências clássicas ao filme: “I want to die” e “I long to die” são falas do filme que estão presentes na letra da música.

Já em Anywhere, Ben Moody declara aos quatro cantos a influência clara do filme sobre ele: o enredo da música. A melodia conta a história do casal na versão de Moody e Lee, que juntos criaram a música. Mais tarde, Moody afirmou que esta foi a melhor música já composta por ele, destinado ao Origin, uma de suas criações que – até hoje – guarda com carinho em sua lembrança.

Chegando ao cd Fallen, contamos com a participação de Romeu e Julieta na música Whisper. Na introdução da música, em sua primeira demo de 2001, há a junção de duas músicas que tocam no filme, são elas: Verona e Death Scene, presentes no álbum Romeo and Juliet: Music From The Motion Picture Vol. 2. Escute a música abaixo:

Quando um homem ama uma mulher (1997)
Duração: 126min
Atores: Andy Garcia e Meg Ryan
Diretor: Luis Mandoki
Trailer: Youtube

QUANDO UM HOMEM AMA UMA MULHER

Trama: Esse é mais um filme de romance que inspirou os fundadores da banda a registar um pedaço da película em suas músicas. A trama com Andy Garcia, conta a história de Michael, piloto de avião que se torna alcoólatra e é internado. Suas ações geram conflitos em sua família e suas duas filhas também são afetadas.

O filme de romance contribuiu para a música Understanding, que está no Evanescence EP. Há três frases que aparecem na música:

“We’re supposed to try and be real and when you feel alone, you are not together and that is real”

Tradução: (É esperado que tentemos ser reais e quando vocês se sentem sozinhos,  não estão juntos e isso é real)

“You are note alone, honey, never, never”

Tradução: (Você não está sozinha, querida, nunca, nunca…)
e, por fim:

“God, just don’t hate me… because I’ll die if you do”.

Tradução: (Deus, por favor não me odeie. Porque eu morrerei se você o fizer)

NAMORADO GELADO, CORAÇÃO QUENTE

Namorado Gelado, Coração quente (1993)
Duração: 85min
Atores: Andrew Lowery e Traci Lind
Diretor: Bob Balaban
Trecho: Youtube

Famoso besteirol americano que fez parte da adolescência de Ben e de Amy. Lançado nos anos 90, o filme “empresta” duas falas para a letra da música Ascensio of the Spirt. São elas: “Goodbye, son. Be nice to God” e “I made you bolongna and mustard, with the edges cut off, just the way you like it”.

Além disso, na gravação de Anywhere há um erro e, nesse momento, Ben afirma “There’s a lot of prejudice against the undead”. O erro de gravação vazou na internet alguns anos depois e a citação reconhecida.

Trama: O filme conta história de um estudante que não quer perder contato com a garota mais bonita de sua escola. O rapaz chegou armar um esquema perfeito para ganhar de vez seu coração. Mas uma pequena falha no plano o leva dessa, para a melhor. Mesmo assim ele está determinado a não perder a chance de levar a estudante ao baile da escola.

TERROR IN THE HAUNTED HOUSE

Terror in the Haunted House (1993)
Duração: 85min
Atores:  Gerald Mohr e Cathy O’Donnell
Diretor: Harold Daniels
Trailer: Youtube

Clássico de 1958 foi utilizado pela banda como referência em dois momentos. O primeiro deles, ainda em Origin, quando Ben e Amy definiam suas referências e o som que o Evanescence teria. Nessa época, o filme foi utilizado para compor a música Understanting. Os trechos acrescentado foram os seguintes:

But the imprint is Always there, nothing is ever really fogotten”; “Death in its most hiddeous form” ; e “You hold the answer deep within your own mind consciously you’ve forgotten it. That’s the way the human mind works, whenever something is too unpleasant too shameful for us to entertain we reject it, we erase it from our memory. But the imprint is always there”.

O tempo passou mas o filme não saiu da memória de Amy. Já na época The Open Door, sem contar com Moody, Lee lembrou do filme ao indicar a forma como queria o clipe de Sweet Sacrifice. A referência, neste caso, é a mescla de imagens de crânios e incêndios no meio do videoclipe, como se fosse uma espécie de mensagem subliminar – utilizada de forma pioneira em Terror in the Haunted House.

Trama: Uma jovem recém-casada que nunca havia saído da Suíça passa a ter estranhos sonhos com uma casa, a qual passa a morar quando viaja para Flórida com seu marido.

O corvo (1994) Atores: Brandon Lee, Michael Wincott e Rochelle Davis Diretor: Alex Proyas Trailer: Youtube

O CORVO

Sucesso gótico de 1994 fez parte do processo de criação da música Even in Death. Na ocasião Amy emprestou a frase: “People die, but real love is forever” (Pessoas morrem, mas o amor real é eterno), última frase dita pela personagem principal no longa-metragem.

Trama: A história do filme se resume em vingança. Um ano após ter sido assassinado juntamente com sua noiva por uma gangue, Eric Draven (Brandon Lee), um músico de rock, retorna da sepultura com a ajuda de um misterioso corvo, com a intenção de se vingar de seus assassinos.

Music Videos

Dando início ao conceito visual de filmes, Evanescence não deixou de lado também, absorver alguns trechos de filmes que mais atrairam atenção, com ideia para seus vídeos clipe. Três clipe já realizados pela a banda, se basearam em ambientes e enredos de filmes prá lá de surreais. Confira os filmes, sua trama e seus respectivos momentos em que são encontrados nos vídeos, descritas abaixo:

Uma noite alucinante (1981)
Duração: 85min
Atores:  Bruce Campbell e Ellen Sandweiss
Diretor: Sam Raimi
Trailer: Youtube

 UMA NOITE ALUCINANTE

Filme preferido de Moody na época em que a banda despontou com o lançamento do álbum Fallen e combinam os últimos detalhes para o lançamento do videoclipe Going Under. 

O filme sanguinário conta a história de amigos fugindo de uma invasão devastadora de zumbis. Esta foi a referência que o filme deixou para o Evanescence: zumbis na plateia.

Trama: Cinco estudantes decidem passar um final de semana em uma casa isolada. Lá eles encontram o livro dos mortos, um documento que data da época da Babilônia e que está relacionado ao livro dos mortos egípcio. Enquanto vasculham a casa os amigos gravam em fita alguns encantamentos demoníacos, escritos no livro. A partir de então eles são possuídos por espiritos, um a um.

 

A cela (2000)
Duração: 97min
Atores:  Jennifer Lopez e Vince Vaughn
Diretor: Tarsem Singh
Trailer: Youtube

A CELA

Um dos singles mais impactantes de The Open Door foi, sem dúvida alguma, Sweet Sacrifice. Apesar de Amy mostrar ao público que conseguia, sim, andar sozinha sem as influências e o talento de Moody, ela lembrou de Terror in the Haunted House, – idéia que muito lembra o ex-integrante – para aspectos do videoclipe, como já explorado antes. Mas não foi só isso, colocando sua experiência e criatividade, Lee se deixou levar por outro filme:

Trama: A Cela, de 2000. Para quem já assistiu ao filme, fica clara a influência no cenário e no enredo que o videoclipe segue: uma viagem à mente humana. Um filme que conta a história de um assassino em série que cria uma câmara para levar suas jovens e inocentes vítimas, antes de dar início a um sádico ritual pós-morte com seus corpos.

CASA DE PAPEL

Voltando ao passado, lá em 1988, o filme foi lançado e em questão de tempo foi considerado o clássico da fantasia e horror. O longa, aclamado por Amy, foi chamado a compor o enredo e cenário de My Heart is Broken, último single com clipe lançado pela banda. Amy disse que o filme, que trata sobre um “viver trancado em um pesadelo”, se une à inspiração principal da música – o tráfico sexual. Juntos formam uma bela melodia e imagem. Não temos como discordar, não é mesmo?

Composições

Tramas de filmes são ideias que parecem ser mais presentes, quando se trata de compor músicas para o Evanescence. Segundo a Amy, alguns filmes serviram de inspiração para diversas músicas que estão presentes no último álbum, por exemplo. Abaixo você confira quais filmes foram peculiarmente resposáveis por algumas das compoções:

VAN HELSING

Van Helsing – O Caçador de Monstros (2004) Atores: Hugh Jackman e Kate Beckinsale Diretor: Stephen Sommers Trailer: Youtube

O caçador de vampiros e outras bestas fez a cabeça de Amy Lee. A cantora, que é fã declara deste tipo de ficção, foi ao cinema assistir ao lançamento do filme de Hugh Jackman e adorou. Na época, em junho de 2004, chegou a comentar com um jornalista que o longa-metragem a deixou inspirada para criar. E foi o que aconteceu: Amy Lee chegou em sua casa e escreveu diversas frases emotivas e depressivas, com um aspecto mais sombrio. A maioria delas está espalhada pelas faixas de The Open Door.

Eu vi ‘Van Helsing’ no cinema na semana passada. Oh meu Deus, foi tão legal. Eu amo filmes de vampiros, e esse foi o melhor que eu já vi. Fui para casa muito inspirada

Trama: Um dos filmes comerciais de Hollywood, o Dr. Van Helsing é um dos principais especialistas em monstros de sua época, no século XIX. Contratado pela Igreja Católica, ele parte para o leste europeu com a missão de eliminar o mais perigoso dos vampiros: o conde Drácula .

A origem  (2010)
Duração: 85min
Atores:  Leonardo Di Caprio e  Ellen Page
Diretor: Christopher Nolan
Trailer: Youtube

A ORIGEM

Romeu, aquele da Julieta, teve uma grande influência para o Evanescence no início da carreira e na definição das demos a serem apresentadas ao público antes mesmo de ficarem famosos.

Trama: Em um mundo onde é possível entrar na mente humana, Cobb, personagem que é vivido pelo o Leonardo DiCaprio, está entre os melhores na arte de roubar segredos valiosos do inconsciente, durante o estado de sono.

O longa-metragem também foi de extrema importância para Leonardo Di Caprio, ator que fazia o protagonista. Ninguém imaginava, no entanto, que a parceria iria se repetir. Di Caprio e a banda se reencontraram em 2010, quando o álbum Evanescence estava sendo concluído.

 

Elaboração: Diego Piovesan
Créditos e direitos reservados ao EvRockBrasil & autores !

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s