Vai dar merda: Anonymous declara guerra ao Evanescence!

Imagem

O grupo de hackers ANONYMOUS declarou uma guerra online ao EVANESCENCE em reação às alegações feitas sobre a líder do grupo AMY LEE em uma discussão no parlamento britânico.

Lee e seu empresário Andrew Lurie foram acusados de intimidar um fã de modo a encobrir uma ocorrência de abuso sexual e uso de drogas.

A ação, movida por John Hemmming, sugere que eles cometeram atos ameaçadores e de coação conta Sam Smith, que tinha descoberto evidências de atividade ilegal no site da banda, o EvThread.

O documento oficial afirma que a dupla teria pago à empresa advocatícia Schillings e através desta ameaçado Sam Smith com um processo a menos para que ele concordasse em assinar um contrato comprometendo-se a não dar queixa das alegações de atividade criminal, incluindo abuso sexual e aliciamento, além de uso de drogas ilícitas.

O documento reconhece que tais alegações não foram julgadas em uma Corte de Justiça, mas estabelece que ‘há evidência para fundamentá-las’ e continua: ‘Ameaças de ação legal e a ameaça por consequência de custas legais não deveria ser usadas para impedir que más ações sejam relatadas à polícia.’

Hemming acusa a Schillings de agir de modo que seria ilegal nos EUA, e intima o governo Britânico a aprovar uma lei que tornaria tal conduta ilegal no Reino Unido.

A ação foi assinada por dois outros procuradores públicos, Mike Hancock e Peter Bottomley. Ações assim são raramente discutidas no Parlamento Britânico, mas podem ter considerável peso político se assinadas por um grande número de magistrados.

A documentação completa fornecida ao periódico da casa, o Hansard, sugere que a intimidação – com contornos de ‘bullying’ – online fora elaborada para ‘causar o suicídio de uma adolescente’. Outros incidentes, relata-se, incluiriam a postagem de material contendo ‘uma história sobre agressões sexuais contra um garoto menor de idade com deficiência física’ e ‘atividade sexual com animais’. Enquanto os registros apontam que nenhum desses atos seja ilegais [no Reino Unido] por si próprios, sugere que atividades conectadas a eles o são.

Agora o ANONYMOUS jurou perseguir Lee e Lurie, e convocaram os seguidores da organização a fazerem piquetes na vindoura turnê da banda. Diz o movimento: “O Evanescence fará uma turnê pelo Reino Unido em Novembro e os ‘Anons’ devem comparecer à porta dos shows com suas máscaras.” O grupo planeja mostrar sua presença na Manchester Arena no dia 6 de Novembro, assim como na Wembley Arena de Londres no dia 9 de Novembro.

A Schillings, assim como Lee e Lurie, não comentou o assunto. Um porta-voz da empresa de Lurie, a 110 Management, disse à imprensa: ‘Essa é uma história antiga e não temos nada a declarar’.

Fonte: Whiplash !

Créditos:  Iessence !

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s